Voltar para GVEN

História

A partir de 1930 foi intensificado na Escola Naval o programa de instrução da arte de velejar. Desde então, a prática do iatismo ganhou adeptos entre os Aspirantes e motivou a criação, em 1943, do Grêmio de Vela da Escola Naval (GVEN). Desde essa época, é usual a cobrança de taxas de inscrição nas regatas, providência necessária em face dos custos para organização das provas. Por uma questão de cortesia, a Escola Naval era convidada a participar destas competições com isenção de taxas, proporcionando aos Aspirantes a oportunidade de conviver com os associados dos clubes náuticos e participar dos seus eventos. A Comodoria do GVEN decidiu retribuir a gentileza, criando uma regata na qual a única exigência para a participação era cruzar a linha de largada. Com o passar dos anos essa regata cresceu, tornando-se a maior da América Latina e o evento náutico mais tradicional do país, sendo realizada sem interrupções há 74 anos. A Regata Escola Naval honra as maiores tradições navais e é motivo de orgulho para o nosso GVEN, sendo o seu dia, 2° domingo de outubro, escolhido como dia do velejador pela Lei Estadual n° 1602 de 28DEZ89. Somos hoje, no GVEN, uma das mais completas equipes de vela do Brasil, fazendo-nos representar em competições ao longo da costa brasileira e no exterior. A prática da vela na Escola Naval é hoje, assim como na época em que foi criado o GVEN, o objetivo principal do Grêmio, mantendo vivo entre os futuros oficiais da Marinha do Brasil o mesmo espírito marinheiro que nos vem sendo transmitido pelas sucessivas gerações de Aspirantes Velejadores.

Link permanente para este artigo: http://www.gven.org.br/o-gven/historia/