Ilhabela, a Capital da Vela, completa 215 anos

Em 3 de setembro de 1805, quando ainda se chamava Vila Bela da Princesa, o atual arquipélago marinho brasileiro de Ilhabela foi elevado à condição de município pelo Capitão-General Antonio José da Franca e Horta. Exatos 215 anos depois, a ilha é conhecida não só por estar entre os mais deslumbrantes pontos do litoral brasileiro, com uma fauna rica e uma flora exuberante, mas também por receber grandes eventos e competições náuticas.

A perfeita combinação do vento com o mar no canal de São Sebastião torna o ambiente ideal para a condução de embarcações a vela. O município, localizado ao litoral do norte paulista, conta também com um sistema de correntes capaz de transformar o local em uma verdadeira raia de competições, favorecendo também a prática de outras atividades oceânicas, como o windsurf e kitesurf. Para os velejadores, as praias de Ponta das Canas, Armação, Ponta Azeda e Perequê estão entre os destinos mais recomendados.

 As excelentes condições climáticas da região contribuíram para que ela ficasse conhecida nacional e internacionalmente como a ‘’Capital da Vela’’. O título foi oficializado pela Lei 12.457, sancionada em 26 de julho de 2011, e representa o reconhecimento pelo significativo impulso que a cidade proporciona ao desenvolvimento desta modalidade no país. Tradicionalmente realizada em Ilhabela, a Semana Internacional de Vela é o principal evento de embarcações oceânicas da América do Sul e reúne anualmente atletas de todo o mundo.

O Grêmio de Vela da Escola Naval tem conquistado notáveis resultados na competição. No ano de 2018, por exemplo, a participação ficou por conta dos veleiros Cherne (Mackenzie), Dourado, Marlim e Sargaço. Na ocasião, a tripulação do Sargaço conquistou o terceiro lugar da Classe RGS-A, sob o comando do Aspirante Matheus Crispim. O evento, que acontece desde 1969, ainda conta com a Marinha do Brasil como sua tradicional apoiadora. A instituição reconhece a ótima oportunidade de divulgação da mentalidade marítima na sociedade a partir da realização desta Regata.

Link permanente para este artigo: http://www.gven.org.br/ilhabela-a-capital-da-vela-completa-215-anos/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.